26 setembro 2007

Nasce a ESOP


Dia 25 de Setembro foi um dia histórico para o Software Livre em Portugal. O nascimento da ESOP - Associação de Empresas de Software Open Source de Portugal - representa uma evolução do movimento para uma credibilidade e presença acrescida e um papel relevante no tecido económico português. Não mais "ninguém dá suporte", "isso é feito por amadores", "quem garante que isso funciona". A partir de agora há quem dê a cara pelo software livre para as empresas e administração pública portuguesas.
Já havia, como bem sabemos, mas agora que estão juntas numa associação as empresas ligadas ao software open-source irão passar a ter maior visibilidade, e o software livre mais aceitação.
E já mais se estão a juntar..

Foi particularmente gratificante o editorial da Semana Informática número 850

"Longe vão os tempos em que a imagem que os decisores possuíam do movimento open source nacional era a de um conjunto de programadores amadores cansados da hegemonia da Microsoft em diversas áreas aplicacionais e à qual declaravam uma espécie de cruzada informática contra os infièis sedeados em Redmond.
O movimento de código livre português está a atravessar uma trajectória de ascenção,que é natural graças à maturação do mercado de TI. Apesar deste pequenos avanços um conjunto de 12 empresas com actividade em Portugal uniu esforços para promover o mercado das soluções e serviços empresariais de código livre. É nesse sentido que nasce a Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas (ESOP), cuja missão é desenvolver e dinamizar o mercado do software aberto em Portugal e reforçar a imagem do open source.
Por outras palavras a ESOP pretende introduzir o conceito de colaboração em que assenta o movimento open source junto dos associados - situação que não se verificava com um caráter regular até ao momento, uma vez que as empresas trabalharam, na maioria dos casos, de costas voltadas umas para as outras.
Devido a esta mudança de atitude nos empresários que integram a ESOP, é de esperar que se verifiquem algumas novas parcerias e sinergias sentro deste segmento do mercado, fruto do trabalho que começará a ser realiado pelas associadas"

A única sombra neste editorial é quando se refere a um possível conflito entre o papel da ESOP e o da ANSOL.Esta é uma questão recorrente que também surgiu na sessão de apresentação da ESOP. A ANSOL, pioneira do software livre em Portugal, continuará a ter o papel importante de unir as comunidades dos programadores e utilizadores de software livre em Portugal. Na mente de todos os envolvidos está clara a distinção entre os campos de actuação das duas organizações,mas também que a colaboração que já existe continuará a existir e ainda se reforçará mais à medida que os objectivos comuns se forem atingindo.

E deixo-vos com a Press release de lançamento da ESOP

"Associação de Empresas Software Open Source Portuguesa apresentada ao público

25 de Setembro de 2007 (Lisboa)- Teve hoje lugar a apresentação pública da ESOP - Associação
de Empresas de Software Open Source Portuguesas. Fundada por 12 empresas da especialidade
com actividade em Portugal, a ESOP tem por objectivo dinamizar o mercado e melhorar a
comunicação com o sector das Tecnologias Abertas em Portugal, ajudando as empresas e seus
parceiros a encontrar software de excelência capaz de suportar o seu negócio.

O evento de lançamento teve lugar na Lispolis – Pólo Tecnológico de Lisboa e incluiu uma
apresentação da ESOP em termos de missão, visão e objectivos. A ordem dos trabalhos esteve a
cargo do Presidente da Assembleia Geral, Rui Ribeiro (Sybase), seguindo-se intervenções do vice-presidente,José Ruivo (Log), do presidente, Gustavo Homem (Angulo Sólido), e uma sessão de
perguntas e respostas.

José Ruivo referiu que o mercado do software open-source é uma grande oportunidade para as
empresas portuguesas, e que segundo a consultora Gartner este mercado já representa 13 % do
mercado de software global. Em 2011 prevê-se que cresça para 27 % do total, estimado em
169.200 milhões de dólares.

Gustavo Homem referiu que como em qualquer outro mercado é importante existir possibilidade de
escolha no mercado das Tecnologias da Informação,e que tal só será possível com a defesa do
Open Source, de Open Standards e da Interoperabilidade.
Foi enunciada a missão da ESOP:
- Dinamizar o mercado de Software Open Source em Portugal
- Reforçar a imagem do Open Source e das suas vantagens para a economia portuguesa.
- Criar sinergias nas empresas portuguesas potenciando o empreendedorimos nacional no mercado
mundial das tecnologias.

Foi também referido que as 12 empresas da ESOP empregam 299 colaboradores, contam com
3666 clientes, em Portugal e no estrangeiro, e facturam 35 milhões de Euros. Para além destes
números já existem vários pedidos de adesão de outras empresas.
Neste evento de lançamento estiveram presentes personalidades ligadas à administração pública e
meio empresarial nacional.

Sobre a ESOP
A ESOP – Associação de Empresas de Software Open Source Portuguesas tem por missão
desenvolver e dinamizar o mercado de Software Aberto em Portugal, reforçar a imagem do
OpenSource, das suas tecnologias e das suas vantagens para a economia portuguesa e mundial, e
criar sinergias das empresas portuguesas, por forma a potenciar a inovação e o empreendorismo
no mercado mundial das tecnologias.
Membros fundadores por ordem alfabética: Angulo Sólido, Arte Numérica, Caixa Mágica Software,
Datawide, Dri, Eurotux, Info Care, Intraneia, IPortalmais, Log - Open Source Consulting, Sun, Sybase

Mais informações:
http://www.esop.pt
info@esop.pt

2 comentários:

Open Portugal disse...

Excelente noticia. Não tinha conhecimento. Sou grande adepto do Open Source e com isto só me posso congratular. Estou, curiosamente a iniciar um blog também ele dedicado ao Open Source e vou "linkar" este artigo. Caso esteja interessado pode visitar-me em http://opensourceportugal.blogspot.com/ .

Também aproveito para pedir autorização para incluir o seu blog na minha lista de links do meu blog.

pvilela disse...

Os meus parabéns pela iniciativa de lançar um blog sobre open source, apesar do "cerco"

E quanto ao link, tudo o que é público se pode interligar, claro

Felicidades

Paulo Vilela